Flem e Secretaria de Justiça otimizam Programa Vida Melhor Urbano

Na manhã desta quarta-feira (09/08), a presidente da Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem), Maria quitéria, a assessora especial da presidência, Solange Cardoso, Leopoldo Carrilho, chefe da Assessoria Jurídica e diretor de Soluções Educacionais e Nádia Holtz, diretora de Desenvolvimento Sustentável estiveram em reunião com o secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Carlos Martins.

Na ocasião foram estudadas maneiras para aperfeiçoar o Programa Vida Melhor Urbano (PVMU) que amplia a produção de microempresários individuais  e gera proteção socioeconômica dos beneficiários ao capacitá-los para uma melhor administração do seu empreendimento.

A presidente destacou que assim como o Vida Melhor Rural incentiva a agricultura familiar na Bahia, o PVMU, “é voltado para o vendedor de cafezinho, de cachorro quente, e de outras atividades sem nenhum ou pouco amparo para serem mantidas pelo cidadão que luta pelo pão de cada dia. O Programa Vida Melhor Urbano vai dar ao trabalhador autônomo um entendimento melhor sobre como funciona o mercado, oferta e demanda, e até seu papel na sociedade”, e completou ao afirmar que “assim como o Programa Primeiro Emprego, que ajuda tantas e tantas pessoas a se estabelecerem como profissionais, o Vida Melhor Urbano é um benefício maciço para o povo da Bahia.”.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *