Presidente da FLEM destaca importância do programa Primeiro Emprego

A presidente da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM), Maria Quitéria, defendeu o pioneirismo do programa Primeiro Emprego, implantado na Bahia na gestão do governador Rui Costa. Ela participou, na manhã desta terça-feira (06), de uma reunião com os gestores do programa na Secretaria de Administração do Estado (Saeb).

Até maio deste ano, 3.251 jovens já foram contemplados pelo programa. “São muitas histórias de superação que ouço diariamente, como a de uma menina aqui de Salvador que hoje contribui com o sustento da família”, destacou Quitéria.

A presidente da FLEM também adiantou que existe um grupo de trabalho empenhado em registrar a história dos jovens beneficiados pelo programa.

“Temos o desejo de fazer um documentário da FLEM sobre o Primeiro Emprego. É muito importante fazer esse registro, pois esse Programa é um marco e tem ajudado milhares de jovens a terem acesso ao mercado de trabalho e transformado a vida de muitas pessoas”, afirmou.

Maria Quitéria frisou ainda as melhorias no funcionamento dos órgãos e instituições públicas que tem empregado os egressos do 1° Emprego.

A reunião também contou com a presença de Glória Teles e Ubaldo Galvão (diretora e coordenador do programa Primeiro Emprego/FLEM); Rodrigo Pimentel, chefe de gabinete da Saeb; Cristine Araújo, gestora do contrato pela Saeb; Marta Mascarenhas, coordenadora do programa e Roberto Camacho, coordenador de projetos e licitações da Secretaria de Administração.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *