A Fundação Luís Eduardo Magalhães, executora do Programa Primeiro Emprego – PPE, do Governo do Estado, vai promover na próxima terça-feira (17), o 1º Curso de Formação para Pontos Focais voltado para coordenadores imediatos dos beneficiários do PPE em seus locais de trabalho. O evento acontecerá no Bahiamar Hotel, na rua Dr. João Mendes da Costa Filho, nº 125, no Jardim de Alah.

Cerca de 120 coordenadores – servidores públicos de Salvador e região metropolitana – participarão do Curso ministrado por profissionais convidados pela Flem, em parceria com a Casa Civil da Bahia. Temas como a importância do ponto focal para o desenvolvimento do programa e a gestão de conflitos e de crises frente à diversidade de contratos de trabalho nos órgãos públicos farão parte da grade presencial que terá início às 8h30 com previsão de encerramento para 17h. A programação online segue com duração de 72 horas.

De fundamental importância no processo de formação profissional dos jovens, os servidores públicos – pontos focais – têm aproveitado a contribuição e a inovação que o Programa representa e têm compreendido a importância da inserção desses jovens, motivando-os e estimulando-os a desenvolver as suas habilidades em função dos resultados e no alcance do desenvolvimento profissional.

Iniciado em 2016, o Programa Primeiro Emprego é uma ação social de inserção de jovens oriundos do ensino técnico da Rede Estadual de Educação Profissional no mundo do trabalho. O Programa já transformou a vida de mais de 8 mil jovens na Bahia, por meio da Fundação Luís Eduardo Magalhães – FLEM e da Fundação Estatal Saúde da Família – FESF-SUS.

Os egressos aptos a partir do desempenho no curso técnico profissionalizante, que se encaixam nos critérios de nota e que não tiveram registro em carteira por mais de um ano, são contratados por dois anos de trabalho com carteira assinada e benefícios como vale alimentação, transporte e, caso tenham interesse, plano de saúde, para atuarem na sua área de formação técnica, nas Secretarias e Órgãos Públicos do Estado da Bahia.

ASCOM

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *