A Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM), representada pela diretora de Soluções Educacionais, Glória Tellez, participou, nesta quinta-feira (19/07), de reunião realizada durante o Festival Internacional do Chocolate, em Ilhéus, para discutir a revitalização da cadeia produtiva do cacau no país. “Foi uma reunião bastante produtiva que deu início a uma parceria com a Fundação Mundial do Cacau (WCF) que, com certeza, terá um grande impacto no desenvolvimento do negócio no estado”, avaliou Glória.

O encontro reuniu ainda as secretarias de Turismo, Desenvolvimento Rural e de Agricultura do Estado da Bahia, quando foi apresentada a iniciativa da CocoaAction, da Fundação Mundial do Cacau (WCF), já em execução na África (Gana e Costa do Marfim), e que tem como foco o incremento da produção e o desenvolvimento de ações público-privadas que ampliem e deem sustentabilidade ao negócio do cacau no mundo. Com previsão de duração de cinco anos no Brasil, a iniciativa prevê projetos destinados tanto para os grandes produtores de cacau quanto para os que trabalham em pequenas propriedades.

Detalhes sobre a realização do 27º Partnership Meeting, maior evento global sobre sustentabilidade do cacau, a ser realizado em São Paulo nos dias 24 e 25 de outubro, também foram apresentados pelo representante da WCF, Pedro Ronca. Pela primeira vez no Brasil, o evento reunirá cerca de 300 convidados de governos de países latino-americanos e africanos, ONGs e de empresas líderes de cacau e chocolate, entre eles o ministro de Agricultura do Equador. Os presidentes da Natura e Embrapa, Guilherme Leal e Maurício Lopes serão palestrantes de destaque.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *