Nos dias 20, 21, 27 e 28 de setembro, ocorreu, em Salvador, a Capacitação Anual em Registro Empresarial, realizada pela Junta Comercial do Estado da Bahia (JUCEB) para funcionários de Salvador e representantes da Junta de toda Bahia.

O objetivo do encontro foi atualizar os conhecimentos sobre a legislação e os novos procedimentos relacionados à abertura e registro de empresas, tanto na capital como no interior, melhorando a padronização do atendimento prestado à população. A Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM) foi a responsável pela estrutura e logística do evento.

A chefe da assessoria técnica da JUCEB, Tiana Góes, disse que a capacitação foi pensada, também, para conscientizar os colaboradores quanto à ampliação do papel da Junta, que vem assumindo a função de interlocutora e integradora, oferecendo toda assessoria ao empreendedor quanto às etapas para formalização do seu negócio. “Hoje, a pessoa sai com informações prévias de outros órgãos envolvidos no processo o que permite se avaliar melhor a viabilidade do registro, impedindo que haja surpresas lá na frente”, explicou.

Para isso, a JUCEB implantou novo sistema que permite, por exemplo, realizar uma consulta prévia à Receita Federal e está evoluindo para fazer essa interface, também, com a Prefeitura Municipal de Salvador. Na consulta à Prefeitura, o empresário já sairá da Junta sabendo se poderá ou não abrir a empresa em determinado endereço. “A ideia é tornar o processo cada vez mais fácil e acessível”, ressaltou Tiana.

Para a coordenadora do escritório da Juceb em Juazeiro, a capacitação irá ajudar para que se fale a mesma língua em toda Bahia. “Não podemos dar uma orientação em Juazeiro diferente da que é fornecida em Salvador ou Itabuna. O bom é que a Junta vem evoluindo muito nos últimos anos”, pontuou. Wander Faustino, do escritório regional de Teixeira de Freitas, também destacou a importância dessa padronização no atendimento. “Precisamos de uma interpretação homogenia sobre a legislação e um alinhamento no atendimento, por isso a importância dessa atividade”.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *