PROGRAMA – NOSSA TRAVESSIA

Em uma parceria inovadora com a Pontos Diversos – Associação para Promoção da Diversidade Sociocultural e Ambiental, Ministério Público do Estado da Bahia (MPE) e Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), a Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM) lançou o Programa Nossa Travessia, que tem como objetivo realizar ações voltadas a jovens em situação de vulnerabilidade social, com foco na aprendizagem
e inserção no mundo do trabalho.

Dentro do Programa Nossa Travessia, serão realizados os projetos Artemente e FLEM Social, que, juntos, beneficiarão 71 jovens com aulas para formação, por exemplo, de auxiliares de escritório e almoxarife. “A beleza desse programa está no potencial de transformar a vida desses jovens e de suas famílias. Não significa apenas a inserção no mundo do trabalho, mas a oportunidade de um futuro com mais dignidade”,

ressalta a presidente da FLEM, Maria Quitéria. Por meio do Artemente, serão atendidos 40 jovens com distúrbios mentais, assistidos pelos CAPS – Centro de Atenção Psicossocial do SUS – da Liberdade e Jaguaribe e pelo FLEM Social 31 jovens das comunidades do Bairro da Paz, Nordeste de Amaralina /Santa Cruz e Calabar, assistidas pelo Programa Pacto Pela Vida da Polícia Militar.

O processo de aprendizagem a ser oferecido a esses jovens inclui carga horária de 1.840 horas, tem duração de 24 meses, com 4 horas diárias de ensino teórico e prático. Durante os dois anos como participantes do Programa, os jovens aprendizes terão a carteira de trabalho assinada e a garantia de todos os direitos trabalhistas previstos na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).