Posts

A semana começou com Oficina sobre temas pertinentes para funcionários da Fundação Luís Eduardo Magalhães. Racismo Institucional e Estrutural foram assuntos discutidos na tarde desta segunda-feira (13), no auditório da Flem, que teve o professor doutor em educação Edson Cardoso como palestrante.

Oferecido em parceria com o Esporte Clube Bahia, por meio da Campanha ‘Dedo na Ferida’, o evento contou com a presença de colaboradores da Fundação que participaram efetivamente por se tratar de temas que, infelizmente, continuam presentes na vida de muitos.

Para discorrer sobre o preconceito e a discriminação, o professor usou referências de diversos ícones da luta contra o racismo, como Nelson Mandela, Lélia Gonzalez, Carlos Alberto Caó, além do escritor Lima Barreto, autor de livros que exploram narrativas sobre a discriminação racial.

Em sua apresentação, Cardoso explicou que os culpados pela escravidão já morreram e que a nós resta a responsabilidade coletiva. “Não carregamos culpa, mas temos a responsabilidade coletiva como decisão moral que nos persegue e que não podemos ignorar”, afirmou.

ASCOM